Missão do Banco Mundial avalia ações do IPF no Piauí

Uma equipe técnica do Banco Mundial esteve reunida, na manhã desta segunda-feira (4), na Agência de Tecnologia da Informação (ATI), com gestores dos órgãos envolvidos no Projeto Piauí: Pilares do crescimento e inclusão social. A missão, que segue até a sexta-feira, tem como objetivos a avaliação das ações realizadas no estado financiadas pela operação de crédito IPF e apresentação dos novos coordenadores do Banco Mundial do projeto no Piauí, Marcelo Becerra e André Loureiro. Eles substituem Michael Drabble que está a frente das ações desde 2013, acompanhando o projeto.

Na reunião, foi apresentado um panorama geral de todas as áreas envolvidas no projeto. O secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto, explica que o encontro também serviu como uma avaliação geral do projeto no ano de 2017. “De um modo geral, a nossa avaliação no ano de 2017, em que pesam as dificuldades econômicas que o estado passou, por toda crise econômica do país e as dificuldades operacionais que nós tivemos; podemos dizer que houve um saldo positivo do programa esse ano, várias metas foram atingidas, destaque por exemplo na área de Educação, onde tivemos um bom desempenho e as demais áreas, todos avançaram”, diz.

O novo coordenador pelo Bird das ações no Piauí, Marcelo Becerra, diz que primeira impressão é muito positiva, destacando que o Banco mundial trabalha junto com o Governo do Estado. “São projetos do Estado que o Banco Mundial apoia. Nós somos muito felizes de prover a experiência internacional e as melhores práticas para que o estado do Piauí possa melhorar os seus problemas”, explica ele.

A Seplan é responsável pela coordenação, monitoramento e acompanhamento dos órgãos que realizam as ações no estado através do IPF. Ao todo, cerca de 12 setores do Estado, das mais diversas áreas, como saúde, educação, desenvolvimento rural, meio ambiente, entre outras estão sendo beneficiadas.

Durante toda a semana serão realizadas reuniões setoriais com técnicos do BIRD para aprofundamento da avaliação e resolução de problemas com os representantes de cada um dos órgãos. “Nos vamos fazer um balanço de final de ano da missão durante o ano de 2017, observando todas as áreas que apresentarão as suas metas e seus resultados”, complementa o secretário do planejamento.

Participaram da reunião de hoje gestores das Educação, Saúde, Desenvolvimento Rural, Meio Ambiente, Interpi, Seadprevi, Ouvidoria, Coordenadoria de Políticas para as Mulheres e Controladoria Geral do Estado.

 

Autoria: Fábia Adriana Vieira/Portal do Governo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *