PMT oferece mais de mil vagas em cursos profissionalizantes gratuitos

Iniciam nesta terça-feira (29) as inscrições para 1115 vagas em cursos profissionalizantes oferecidos gratuitamente pela Prefeitura de Teresina (PMT). Ao todo serão oferecidos 41 cursos pela Fundação Wall Ferraz (FWF), beneficiando várias associações de moradores, conselhos comunitários, fundações e entidades sociais que se cadastraram ao longo de 2019.

Entre os cursos estão o de Assistente Administrativo, Manicure e Pedicure, Pintura em Tecido, Confeitaria, Organizador de Eventos, Operador de Caixa, Corte de Cabelo e Escova, Doces Finos, Decoração com Balões, Balconista de Farmácia, Agente de Portaria, Corte de Cabelo Masculino e Barbearia, Panificação, Design de Sobrancelha, Operador de Call Center, Feltro, Salgadeiro, Biscuit, Libras e Artesanato com materiais recicláveis. Os cursos terão duração de 25, 30 e 60 horas, sendo a maioria deles realizados no período da tarde, outros quatro no turno da manhã e três no período noturno.

O presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, explicou que essa é a segunda etapa dos cursos oferecidos neste segundo semestre, e que as vagas atendem a necessidade de cada região. Um estudo técnico verificou a demanda destes locais e um encontro com as lideranças definiu os espaços onde cada curso será realizado. “O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, e sem qualificação fica mais difícil algumas pessoas conseguirem um emprego ou montar um negócio de sucesso”, destacou Scheyvan Lima.

Além de possuir a idade mínima de 16 anos, os interessados nos cursos devem ter nível de escolaridade compatível com a especificidade de cada curso. Para se inscrever, basta ir até um dos locais onde os cursos serão executados e apresentar documento de identidade com foto e CPF (originais e copias), além de comprovantes de endereço e de escolaridade.

A relação dos locais está disponível no site fwf.pmt.pi.gov.br na seção de cursos. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada e encerrarão conforme a demanda de procura.

Fonte: Meio Norte

Deixe uma resposta