Com o intuito de ajudar, artistas estão cada vez mais apoiando causas sociais

Todos sabem que os grandes artistas do Brasil movem uma legião de fãs e a cada show se apresentam para milhares de pessoas. Contando com isso, muitos deles estão se envolvendo cada vez mais em assuntos tidos como problemas ou tabus da sociedade, como a causa LGBT e o Racismo.

No último fim de semana, três nomes do Forró foram exemplo dessa luta e deixaram claro nas redes sociais as suas opiniões sobre alguns desses temas. Confira:

Peruano

Um dos temas mais polêmicos no país, a causa LGBT ainda sofre muita oposição. Para o cantor da Cavaleiros do Forró, que fez um show em Caruaru-PE no último fim de semana, a resposta é bem mais simples. Ao relembrar da apresentação, colocou uma foto segurando a bandeira da causa, falando que defende “mais amor, pois é o que precisamos”. Os fãs foram só elogios para Peruano.

Jonas Esticado

Em outro debate ainda muito vivo que ultrapassa as fronteiras do Brasil, Jonas fez questão de mostrar o que pensa. O cantor postou um vídeo onde uma criança faz o discurso contra o Racismo. Na mensagem, a criança deixa claro que o preconceito é mais simples de acabar do que se pensa.

Mastruz com Leite

Em uma causa mais recente, a banda Mastruz com Leite vem demonstrando bastante apoio. Há pouco, a vaquejada, prática tradicional da cultura no Nordeste, foi proibida pela justiça brasileira. Vários artistas tomaram o lado dos peões e a banda é a que vem defendendo mais essa causa. O grupo tenta alertar para as milhares de pessoas que dependem dessa prática como profissão e sustento da família. Inclusive, a Mastruz criou uma música para ajudar a defender a vaquejada, chamada “Não Pare a Vaquejada Não”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *