Acusado de participar de homicídio de líderes do PCC é preso nesta quarta (16)

Foi preso na manhã desta quarta-feira (16) Jefte Ferreira dos Santos, suspeito de envolvimento no assinado de dois chefes da facção do Primeiro Comando da Capital, o PCC. Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e Fabiano Alves de Souza, o Paca, foram encontrados mortos no Ceará em fevereiro de 2018.

Na escala de poder, eles estavam abaixo apenas de Marcos Camacho, o “Marcola”, também líder do PCC, que está preso em um presídio de segurança máxima.
Segundo o Ministério Público do Ceará, Jefte dos Santos teria tido participação decisiva e fundamental para a prática do duplo homicídio, em que colaborou com a estratégia e ideias de percurso.

A Polícia Federal não descarta a possibilidade de a dupla ter sido assassinada por motivos de disputa dentro da própria cúpula da facção criminosa de São Paulo por dinheiro e poder. Jefte Ferreira dos Santos foi encontrado no litoral do estado paulista e levado para a Superintendência da Polícia Federal na capital de São Paulo. Com o suspeito, foram encontrados apenas telefones celulares.

Ele deverá permanecer em São Paulo até que seja transferido para o Ceará, onde o crime foi cometido e onde estão concentradas as investigações do caso.

Reportagem, Isabella França

Deixe uma resposta