AGRONEGÓCIO: Em 2017, Brasil pode registrar a maior safra de toda a história

REPÓRTER: O Brasil pode registrar neste ano a maior safra de todos os tempos, com quase 214 toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas. Se a previsão for confirmada, este ano a safra vai poder ser 16,1 por cento superior ao total do ano passado, que foi de 184 milhões de toneladas. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, e o aumento da produção é esperado para todas as regiões do país, principalmente para o Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul, que no ano passado, foram os maiores produtores nacionais de grãos. É o que explica o gerente de Agricultura do IBGE, Carlos Alfredo Barreto Guedes.

SONORA: Gerente de Agricultura do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Carlos Alfredo Barreto Guedes

“A gente está esperando aí uma safra recorde. Por exemplo, o Mato Grosso é o maior produtor de soja, o maior produtor de milho; o Rio Grande do Sul é o maior produtor de arroz; o Paraná é o maior produtor de feijão… Então são estados que já estão bastante consolidados na produção dessas culturas. Apesar de eles terem sido afetados um pouco com a questão da restrição climática de 2016, mesmo assim, eles continuaram sendo os maiores produtores destes produtos e a expectativa é que eles continuem sendo os maiores produtores para 2017”.

REPÓRTER: A previsão é que ocorra crescimento de 73 por cento para a safra do Nordeste, 20,5 por cento para o Centro-Oeste, 13,4 por cento para o Norte, 11,1 por cento para o Sudeste e 5,8 por cento para a região Sul do país. Parte da primeira safra, que foi plantada em outubro de 2016, já começa a ser colhida. O feijão, por exemplo, já está pronto para ser extraído do solo. A soja vai começar a ser colhida em fevereiro, março… e o milho vai estar pronto para colheita no mês de abril.

Reportagem, Cintia Moreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *