BRASIL: Justiça põem em sigilo, investigação do acidente que matou Teori Zavascki.

REPÓRTER: A justiça federal do Rio de Janeiro decretou nesta segunda-feira (23) o sigilo das investigações sobre o acidente aéreo que vitimou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki. A decisão, foi tomada pelo juiz Raffaele Felice Pirro, da 1ª Vara Federal de Angra dos Reis.
O inquérito aberto está sob responsabilidade do delegado chefe da Polícia Federal em Angra, Adriano Antonio Soares. Além dessa investigação, outro inquérito foi aberto pelo Ministério Público Federal (MPF).
Na sexta-feira (20), o MPF solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) possíveis gravações de conversas do piloto. No aeroporto em que a aeronave pousaria não havia torre de controle, no entanto é possível que ele tenha feito contato com outras aeronaves antes da queda.

De acordo com a Anac, a documentação da aeronave estava regular. A inspeção da manutenção, que é anual, estava válida até abril de 2017.

Reportagem, João Paulo Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *