BRASIL: Reforma da Previdência deve ser discutida nesta terça-feira (25), na Câmara dos Deputados

LOC.: O parecer da reforma da Previdência deve ser debatido nesta terça-feira (25), na Câmara dos Deputados, pela comissão especial que discute o tema. A reunião seria na semana passada, mas deputados da oposição pediram para a discussão sobre o assunto ser adiada. Em troca, eles prometeram não usar instrumentos para dificultar o andamento do debate.

Algumas modificações já foram feitas no texto original enviado pelo Governo Federal. O ponto que trata de mudanças na idade mínima para aposentadorias das mulheres é um deles.

O relator da reforma da Previdência, Arthur Maia, deputado federal pelo PPS baiano, explica como fica a nova regra, caso a matéria seja aprovada.

TEC./SONORA: Arthur Maia, deputado federal (PPS-BA).

“A PEC original previa 65 anos de idade para homens e mulheres, mas nós modificamos para 65 anos de idade para homens e 62 para as mulheres. Isso foi, sem dúvida, um avanço ao reconhecimento da condição da mulher na sociedade brasileira, ao realizar uma dupla ou tripla jornada de trabalho.”

LOC.: No último domingo, o presidente da República, Michel Temer, se reuniu com ministros e líderes de partidos aliados para tratar do assunto. Para o presidente da República, as modificações feitas no texto foram negociadas e quem discorda da reforma são os trabalhadores com salários elevados.

TEC./SONORA: Michel Temer, presidente da República.

“Votar a reforma da Previdência é votar uma reforma mais uma vez pautada pelo diálogo. Foi o diálogo do Executivo, do relator, do presidente da comissão, de todos da comissão com as bancadas partidárias. Os que resistem e fazem campanha são os mais poderosos, são aqueles que ganham mais. Nós temos que dar uma resposta a isso.”

LOC.: O projeto dever ser discutido durante toda a semana e votado entre os dias 2 e 3 de maio.

Reportagem, Marquezan Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *