Confira o edital da PM do Piauí com 400 vagas para soldados

O lançamento do certame aconteceu no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Piauí, durante solenidade que contou com as presenças dos secretários de Segurança, Fábio Abreu, e de Administração, Franzé Silva

dscn0221

foto reprodução

O Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria Estadual de Administração, divulgou na manhã desta sexta-feira (10) o edital com 400 vagas de soldados para a Polícia Militar do Piauí.

O lançamento do certame aconteceu no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Piauí, durante solenidade que contou com as presenças dos secretários de Segurança, Fábio Abreu, e de Administração, Franzé Silva. O concurso foi autorizado pelo governador Wellington Dias no dia 16 de fevereiro. O comandante geral, coronel Carlos Augusto, afirmou ao GP1 que a PM tem trabalhado para fortalecer a segurança pública, principalmente no interior do Estado.

“Temos sempre chamado atenção para as fronteiras do Piauí. Todas as vagas são para o interior, a inclusão de mais policiais, a capacitação de todo nosso efetivo. Essa luta continua. Nós temos o desafio de comandar a Polícia para melhor servir a população. Não tem outra forma de fazer um trabalho eficiente, a não ser formando novos policiais, aumentando o efetivo e capacitando os homens e mulheres que fazem parte dessa Instituição. Iniciaremos esse processo de concurso hoje (10), com as inscrições a partir de segunda-feira (13). Certamente esse é um desafio que será permanente até 2022 formar e recompor os quadros da PM. A sociedade busca muito pela sensação de segurança e não tem como se fazer sem a presença do policial”, declarou o coronel Carlos Augusto.

Fábio Abreu declarou que esse certame “é fundamental porque temos grande problema relacionado a segurança pública, e sem dúvidas é a questão de falta de policiais e reposição necessária desses policiais, principalmente no interior do Estado. Com esse concurso nós temos a capacidade de estarmos levando esses policiais para o interior. Agora com essa convocação de mais 400 soldados, nós passamos para mais de mil soldados incorporando a nossa instituição e nós reconhecemos que precisamos de mais servidores. O governador tem sido sensível a essa questão da segurança pública e autorizou mais esse concurso. É importante para a instituição e também para os jovens que estão à espera do concurso em uma das instituições mais respeitadas do Estado do Piauí. É importantíssimo esse papel do concurso e sem sombra de dúvidas do trabalho que a instituição vai desenvolver com mais policiais a disposição da sociedade”.

O secretário Franzé Silva ressaltou que o Governo do Estado está em constante busca de melhorias e falou também sobre a importância de novos policiais militares para a sociedade piauiense. “É daqui que sai a segurança pública do Estado, é daqui que sai a prevenção contra a violência. Nós sabemos e precisamos fortalecer, através de estruturas, de uma melhor qualificação da Corporação, como também da inclusão de novos membros. Com esse edital, nós lançamos 400 vagas para soldados e esperamos que ele venha fortalecer ainda mais as ações preventivas de segurança no estado do Piauí. Mesmo com as dificuldades financeiras, nós fazemos questão em autorizar e não poderíamos deixar de fora a questão da segurança pública. Então o governador autorizou e esse concurso vai trazer segurança, principalmente, para o interior do estado”, comentou o secretário Franzé Silva.

Sobre a falta de pessoal para o serviço público do Piauí, Franzé Silva fez as seguintes ressalvas: “Precisamos de mais servidores em todas as áreas e a gente precisa ter é maturidade, planejamento e acima de tudo responsabilidade, para que a gente possa evoluir de acordo com a capacidade do Estado. Sabemos que hoje dentro da Corporação Militar seria necessário um contingente muito maior, mas acima de tudo, nós precisamos manter os salários em dia, poder ter estrutura para poder fazer a máquina de segurança pública funcionar e a máquina funciona não somente com homens, mas com armamentos, equipamentos de segurança, veículos, combustível, equipamentos de inteligência e daí a responsabilidade de planejamento vem em primeiro lugar. Precisamos ter um equilibro financeiro para poder avançar não só no quantitativo de pessoas que fazem parte da estrutura do serviço público, mas também de melhorar a qualidade do serviço”, disse.

Confira o edital  aqui!

 

Fonte: riachaonet.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *