GREVE GERAL; Prefeitura de Lagoa do Sítio deixa a critério de cada servidor e Câmara de Vereadores aderi a greve.

A adesão à greve geral convocada por centrais sindicais e movimentos sociais para essa sexta-feira (28) está cada vez maior. Centenas de categorias, por todo o país, já prometeram cruzar os braços no dia de mobilizações contra as reformas da Previdência e trabalhista do governo Temer.

paulista1

O prefeito de Lagoa do Sítio-PI, Antônio Benedito de Moura (PT), não decretou ponto facultativo nessa sexta-feira 28/04, mais afirmou que não irá cortar o ponto do funcionário que aderir à greve “considerando que no dia 28 de abril acontecerá uma greve geral com abrangência nacional na defesa dos Direitos Trabalhistas e da Previdência” e “considerando que o direito de greve é de titularidade dos trabalhadores, pois compete a eles decidir sobre a oportunidade e os interesses a serem defendidos”.

“A greve é um direito social, previsto na Constituição Federal de 1988”. “Existem algumas greves que são ao bem do interesse da nação, da coletividade, e essa é uma delas”, afirmou Antônio Ditoso.

O sindicato dos trabalhadores de Lagoa do Sítio aderiu a paralisação, e estará de portas fechada nessa sexta, afirmou o presidente José Pimentel.

O Presidente da Câmara Municipal de Lagoa do Sítio Itamar Reis, afirmou ao portallagoaonline.com que todos os servidores e Vereadores da câmara iram participar da greve geral, ainda de acordo com o presidente também não haverá a reunião desta sexta 28/04 como estava previsto.

18155682_1327998243958676_572323062_n

Por José Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *