Pai e filho são assassinados após discussão por gado no PI

Um duplo homicídio foi registrado no final da tarde deste domingo (27). As vítimas, identificadas como Leôncio Alves da Silva (73 anos) e Antonio Francisco de Sousa Silva (37 anos) foram mortas por um homem identificado com Zé Carlos, após discussão sobre um gado que teria adentrado a propriedade do acusado, causando danos a plantação de milho.

Segundo um dos sobreviventes do crime, identificado como Antonio Eudes de Souza Silva, filho de Leôncio Alves da Silva (vítima), ele, seu irmão, pai e um cunhado foram avisados a pedido do acusado que, um gado pertencente à família teria entrado no terreno de Zé Carlos, e que, o mesmo os aguardava para recolher o animal.

Ao chegar no local, o senhor Leôncio foi levado de moto ao ponto onde o animal estaria, momento em que o acusado saiu para buscar arames para o conserto da cerca.

Ainda segundo Antonio Eudes, ao retornar ouve uma discussão entre seu pai e o acusado, que reclamou das vítimas terem entrado para retirar o animal da propriedade sem a sua presença.

“Ele chegou, aí teve essa discussão, a gente pediu calma, mas ele já foi agredindo com um pau, e aí meu pai tentou se defender com uma foice, foi aí que ele pegou um revolver e começou a atirar, a gente (ele e o cunhado) conseguiu escapar porque depois que ele matou meu pai e meu irmão a gente correu, mas ele ainda veio a trás de moto e atirando”. Relatou Antonio Eudes, que conseguiu escapar correndo entre o matagal.

Segundo a Polícia Militar, não seria a primeira vez que um animal de propriedade da vítima entreva na propriedade do acusado, o que já havia resultado em discussão entre eles no passado, inclusive com registro de Boletim de Ocorrência na delegacia de Buriti dos Lopes.

Os corpos foram levados ao IML de Parnaíba para exames. Em cada uma da vítima foi constatado um disparo de arma de fogo, em ambos na região do tórax.

Fonte: Fala Piaui

Deixe uma resposta