PIAUÍ: Saúde vai repassar R$ 5 milhões para a Atenção Básica do estado

Os serviços e atendimentos em saúde do Piauí vão ser ampliados. Para isso, o Ministério da Saúde encaminhou cerca de cinco milhões de reais à Atenção Básica do estado, pois é onde a maior parte dos problemas de saúde podem ser resolvidos. É o que explica o diretor de Atenção Básica do Ministério da Saúde, João Salame.

“Se você tem uma saúde básica bem estruturada, você resolve praticamente 80% dos problemas antes que eles cheguem à média e na alta complexidade. A média e alta complexidade tem custos muito caros, muito elevados. Então a população que consegue fazer, através da Atenção Básica, o trabalho de prevenção, nós evitamos muitas doenças. Isso é muito importante, a Atenção Básica é a porta de entrada do sistema e este ano vamos investir 5,1 bilhões de reais apenas na Atenção Básica e apenas recursos do Ministério da Saúde”.

Nos últimos dois anos, em todo o Brasil, foram investidos mais de um bilhão de reais para custear e reforçar os serviços e equipes de saúde. Esse valor tem garantido a ampliação dos atendimentos e contempla mais de 20 milhões de pessoas que vivem em municípios brasileiros com diversos tipos de serviços, como explica João Salame.

“Esses recursos servem para a contratação de agentes comunitários de saúde, para montar equipes de estratégias de saúde da família, os núcleos de apoio de saúde da família, equipes de saúde bucal, laboratórios de próteses, consultórios de rua, academias da saúde. Então são vários programas que os municípios executam e que recebem um incentivo significativo do Ministério da Saúde”.

A Atenção Básica tem recebido forte investimento do Governo Federal e vai continuar a receber recursos para melhorar a saúde da população que depende da rede pública, O número de consultas realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) registrou crescimento de mais de 230% em apenas um ano.  Atualmente, 70% da população brasileira está coberta pela Atenção Básica.

Reportagem, Janary Damacena.

Fonte: Agência Radio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *