Mortes em Penitenciaria de Picos.

Na manhã desta quinta-feira, 03, oito detentos já foram transferidos da Penitenciária de Picos para presídios de São Raimundo Nonato e Altos. A expectativa é que nas próximas horas mais presos sejam transferidos. Ainda hoje foi feito a limpeza nos pavilhões atingido pelo fogo.
PICOS- Após a confusão gerada em torno da morte de dois detentos, Benedito Josenildo Alves, vulgo Jotinha, e Alderi Pereira do Nascimento, vulgo Pezinho, assassinados dentro da Penitenciária José de Deus Barros, durante um banho de sol, horas depois teve início uma rebelião. Os presos colocaram fogo em colchões e garrafas pet ocasionando um incêndio de grandes proporções.
Segundo informações do cabo Sousa Júnior do Corpo de Bombeiros, as chamas atingiram um pavilhão e 4 celas, do total de 4 pavilhões. A Corporação foi acionada para conter o incêndio a partir das 20h00.

“Quando chegamos ao presídio havia muito fogo e muito calor. As chamas logo se espalharam e a temperatura elevada dificultou nosso trabalho”, frisou o bombeiro.

O Cabo Sousa Júnior ainda ressaltou que em meio ao trabalho que envolveu Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, os detentos foram controlados dentro de suas respectivas celas. As chamas só foram controladas por volta de 1h00 da madrugada de hoje.

Após os homicídios dentro do presídio, os policiais e agentes penitenciários conseguiram controlar o motim e retirar os feridos. Em seguida, foram realizadas vistorias nos pavilhões em que foram recolhidos vários estiletes
picos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *