Piauí tem pesquisa eleitoral “pra todo gosto”; 180graus compara resultados recentes

Em tempos de eleição, as pesquisas eleitorais por muitas vezes dão o tom das campanhas, seja para reforçar o trabalho daqueles que aparecem na ponta de cima, para desqualificar os adversários, ou mesmo para pensar estratégias de atuação e definir como e onde é preciso agir.  
E no Piauí, tem pesquisa pra todo gosto. Sejam encomendadas por veículos de comunicação que desejam pautar o debate, sejam a pedido dos partidos e candidatos, elas têm lugar de destaque em busca de melhor análise dos seus desempenhos. A procura é tanta, que desde o início do ano já são 94 levantamentos registrados junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí. Sem contar as feitas para consumo interno, que não demandam de registro na Justiça Eleitoral.

 

Seja para consumo interno ou encomendadas por veículos de comunicação, as pesquisas sempre movimentam o cenário político-eleitoral
Seja para consumo interno ou encomendadas por veículos de comunicação, as pesquisas sempre movimentam o cenário político-eleitoral  
Assim, não é de se estranhar que a cada dia uma nova pesquisa ganhe o status de manchete, permeando as redes sociais, nutrindo rodas de conversas, esquentando o clima entre os eleitores mais ferrenhos.
Outro ponto em questão é a credibilidade destes levantamentos. Há quem dê crédito, e há quem duvide da correspondência dos números com a realidade. Dúvidas principalmente pela diferença entre os resultados de institutos diferentes, realizadas praticamente no mesmo período, sobre a intenção de voto para governo do estado, por exemplo. Em alguns casos, a diferença no desempenho do mesmo candidato chega aos 12 pontos entre uma pesquisa e outra. 
E para ajudar você, eleitor, a fazer esta análise, o 180graus reuniu os resultados de seis das mais recentes pesquisas de intenção de voto para governo do Estado, com a comparação do desempenho de cada um dos dez candidatos nestes levantamentos. 

 

A infografia acima traz os levantamentos estimulados feitos por Ibope, Opinar, Amostragem, Estimativa, Credibilidade e DataMax, com abrangência Piauí. Em todas, o atual governador Wellington Dias (PT) aparece da liderança, oscilando entre 38% e 46%. 
Segundo e terceiro lugar ocupados por Dr. Pessoa (SD) e Luciano Nunes (PSDB), respectivamente, também é tendência nas seis pesquisas. Na maioria dos casos, empatados dentro da margem de erro. Já o senador Elmano Férrer (Podemos), que se afastou do mandato para concorrer ao governo do Piauí, tem no levantamento do Credibilidade, chegando aos 5,82%. 
Os candidatos Fábio Sérvio (PSL) e Valter Alencar (PSC) ficam na faixa 1% a 3%. Sueli Rodrigues (PSOL), Romualdo Seno (DC), Luciane Santos (PSTU) e Lourdes Melo (PCO) não passam de 1% em nenhum dos levantamentos.
CONFIRA AS INFORMAÇÕES TÉCNICAS DOS LEVANTAMENTOS 
  • Ibope | 17 a 19/09 | PI-08528/2018/ Margem de erro de 3% e nível de confiança de 95%/ 812 entrevistas 
  • Opinar |  13 a 16/09 | PI-02809/2018 / Margem de erro de 2,97% e nível de confiança de 95% / 1082 entrevistas 
  • Amostragem |  15 a 18/09 | PI-07451/2018 / Margem de erro de 2,85% e nível de confiança de 95% / 1137 entrevistas 
  • Estimativa |  12 a 16/09 | PI-06475/2018 / Margem de erro de 3% e nível de confiança de 95% / 1090 entrevistas 
  • Credibilidade | 10 a 14/09 | PI-05300/2018 /Margem de erro de 3% e nível de confiança de 95% / 1082 entrevistas 
  • Datamax | 12 a 17/09 | PI-03163/2018 | Margem de erro de 2,83% e nível de confiança de 95% | 1200 entrevistas 
Fonte: 180graus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *