Piauí terá sede de Câmara de Comércio e Industria Luso-Brasileira

Em Lisboa, governador apresentou potencialidades do estado a investidores estrangeiros

O governador Wellington Dias e o senador Ciro Nogueira, apresentaram, nesta sexta-feira (23), em Lisboa, Portugal, as potencialidades econômicas do estado do Piauí a empresários portugueses e representantes empresariais de toda a Europa. O encontro aconteceu em rodada de negociação promovida pela Câmara de Comércio e Industria Luso-Brasileira.

A iniciativa gerou saldo positivo para o estado. De certo, Teresina receberá uma sede da Câmara de Comércio e Industria Luso-Brasileira, que irá aproximar o Estado de investidores estrangeiros. “Saímos acertados para a criação, aqui em Portugal, e no Brasil em Teresina, da Câmara de Comércio Piauí-Portugal. Com isso, nós teremos o intercâmbio para apoiar, de um lado brasileiros que já trabalham com produtos e serviços portugueses, e do outro, empreendedores de diversas áreas e que manifestem interesse em investir no Piauí”, comemora Dias.

O senador Ciro Nogueira, que também esteve presente no encontro, destacou a atitude do governador Wellington Dias de mostrar as potencialidades do Piauí para o mundo. “Eu fico honrado por participar desse encontro com investidores europeus e agradeço o convite feito pelo governador, pois, também estou incansavelmente trabalhando para beneficiar nosso estado. Faço tudo que está ao meu alcance para que consigamos avançar no desenvolvimento e tanto o governador quanto os investidores poderão contar sempre comigo como parceiro destas ações”, declarou Ciro Nogueira.

Satisfeito com a repercussão que o Piauí obteve junto ao empresariado português, o secretário de fazenda, Rafael Fonteles projeta o estreitamento de relações e a abertura do mercado piauiense para a Europa. “Houveram muitos interessados nas potencialidades do Piauí. O auditório estava lotado e todos puderam conhecer a evolução do estado, que para muitos era desconhecido. O novo momento de oportunidades que o estado está vivendo certamente ficará no radar desses empresários”, explica.

O governador destaca a importância de viabilizar e abrir o estado para investimentos de capital privado, em especial o estrangeiro. “É preciso que nós possamos entender que o Piauí é um estado de grandes oportunidades e esse potencial, bem como o próprio estado, ainda é pouco conhecido. Nosso esforço é de que possamos ter momentos como esse em Lisboa, em mais países e em oportunidades mais frequentes. Várias empresas manifestaram o interesse de ir ao Piauí”, destaca o governador.

Presidente da Câmara de Comércio e Industria Luso-Brasileira, o empresário Francisco Murteira ficou bastante surpreso e animado com as possibilidades de investimentos apresentadas pelo governador, além de observar possibilidades de investimentos brasileiros em projetos de tecnologia portuguesa. “Eu diria que a vinda do governador a Portugal é o início de um processo que devemos dar continuidade por meio de ações permanentes e contatos frequentes. Portugal vem crescendo muito, e uma área em especial, poderia ser explorada pelo Brasil, que é a área de tecnologia e inteligência artificial, que é chamada de indústria 4.0. Acredito que Portugal poderia dar grandes contribuições ao Brasil, um país que necessita de mais investimento industrial, mais investimento em alta tecnologia”, argumenta.

Autoria: Pablo Cavalcante/ Portal do Governo PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *