Wellington Dias participa de evento que irá discutir ações de desenvolvimento para o Nordeste

O governador Wellington Dias participa nesta segunda (04), a partir das 20h, de uma apresentação do Encontro Nordeste 2030 – “Desafios e Caminhos para o Desenvolvimento Sustentável”. A abertura oficial do evento ocorre na manhã desta terça (05). Ele será realizado no Auditório do BNB, em Fortaleza e contará com a presença de representantes da Casa Civil da Presidência; Ministério da Fazenda; governadores do Nordeste e do Ministro do Tribunal de Contas da União, José Mucio.

A proposta do encontro é discutir iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável do Nordeste, ações para diminuir as desigualdades e a garantia a efetividade de políticas públicas prioritárias para alavancar o desenvolvimento sustentável regional.

O governador Wellington Dias deve colocar em pauta, durante apresentação inicial na Residência Oficial do Governo do Ceará, um estudo realizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) onde mostra que existe um desequilíbrio entre os estados do Nordeste e outros estados da federação no que diz respeito a contribuição da previdência e impostos.

“Nós temos um saldo positivo naquilo que os trabalhadores do Nordeste contribuem para a previdência e aquilo que recebemos. A previdência é uma parte do balanço de receita positiva, o dinheiro que mandamos para a União é menor do que recebemos. Quando olhamos a política fiscal, política de imposto de renda, nós somos na verdade exportadores de dinheiro para outras regiões. Decidimos então junto ao Fórum dos Governadores, apoiado nesse estudo do TCU, tentar negociar com o Congresso e o Poder Executivo sobre esse desequilíbrio existente”, declarou Dias.

O Diálogo Público é promovido pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em parceria com o Banco do Nordeste, para trocar informações e conhecimentos com a sociedade, o Congresso Nacional, gestores públicos, auditores, setor produtivo, sociedade civil organizada e acadêmicos.

Fonte: CCOM
Autoria: Aline Medeiros/Portal do Governo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *