PIAUÍ: Aplicativo vai auxiliar agentes de endemias no combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

LOC: Um aplicativo para tablets e smartphones vai auxiliar o trabalho dos agentes de saúde do Piauí no combate ao mosquito transmissor da Dengue, da Zika e da Chikungunya. A ferramenta será disponibilizada, em até 90 dias, pela Secretaria de Saúde do Estado e estará disponível para download tanto na Play Store como na Apple Store. No aplicativo os agentes vão registrar as informações referentes ao trabalho que realizam de forma mais ágil e simples, superando algumas das atuais dificuldades, como explica o coordenador de Tecnologia da Informação da Secretaria de Saúde, Cinésio Carvalho.

TEC/SONORA: Cinésio Carvalho, coordenador de T.I da Secretaria Estadual de Saúde

“Alguns municípios demoravam a digitar os dados que eram colhidos no campo, porque os municípios dependem muito de pessoal para a digitação desses dados e com esse problema, alguns municípios ficaram pendentes em dados. Então, nós vimos que um aplicativo seria melhor para que os nossos agentes, em campo, utilizassem um tablet que a secretaria está se propondo a enviar para os agentes e com isso diminuiria o ‘retrabalho’. Ou seja, ninguém vai mais precisar digitar o resultado de campo. O agente de campo vai estar no interior, ele não vai ter conexão de internet, mas na hora que ele chegar na sede do município ele vai poder repassar diretamente para o nosso sistema.”

LOC: O aplicativo, segundo a Secretaria de Saúde, deve ajudar ainda mais o trabalho de combate ao mosquito nos municípios onde foram contatados os maiores índices de infestação, como Milton Brandão, Pedro segundo e Monsenhor Hipólito. De acordo com Cinésio Carvalho, o aplicativo pode dar até 20 por cento a mais de rapidez na coleta de dados.

TEC/SONORA: Cinésio Carvalho, coordenador de T.I da Secretaria estadual de Saúde

“Nós vamos dar celeridade e vamos ter aí uma produtividade de 20 por cento acrescidos. Porque tem muitos campos que não vai ser mais preciso utilizar, isso em várias fichas, com isso traz economia para o governo.”

LOC: A Secretaria de Saúde acredita ainda que o aplicativo pode por fim a possíveis prejuízos de arrecadação, já que o Ministério da Saúde só repassa valores às cidades que estão com os dados de endemia atualizados. Para ter acesso a mais informações sobre o combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, acesse: saude.gov.br/combateaedes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *