Polícia descobre novo dispositivo de destravar carro usando controle remoto

O indivíduo preso usava uma espécie de controle remoto, conhecido como Chapolin, para impedir o travamento dos veículos e, quando os donos dos carros se distanciavam, ele agia.

Operação realizada pelo 12º DP (Ininga) resultou na prisão de Helder Hill Figueiredo Soares, de 31 anos, suspeito de integrar uma quadrilha especializada em furtar objetos guardados dentro de carros.

O jovem foi preso em flagrante no último sábado. Ele usava uma espécie de controle remoto, conhecido como Chapolin, para impedir o travamento dos veículos e, quando os donos dos carros se distanciavam, ele agia. Vídeos divulgados pela polícia mostram a ação criminosa.

O delegado Ademar Canabrava, titular do 12º DP, explica que esta modalidade é considerada nova em Teresina. De janeiro a outubro deste ano foram registrados 20 boletins de ocorrência na delegacia referente a este tipo de furto.

“De janeiro para cá essa modalidade aumentou muito em Teresina. Eles agem principalmente em estacionamentos de supermercados e de festas na zona Leste e também da Sudeste”, explica o delegado Canabrava.

O gerente de Policiamento Metropolitano de Teresina, Luccy Keiko, conta que fica praticamente impossível das vítimas saberem que seus carros foram alvos de bandidos porque no veículo não haviam sinais de arrombamentos.

“Quando a vítima ia travar o veículo, ele [jovem preso] acionava o controle e impedia que as travas fossem acionadas. Ele já ficava observando as vítimas e agia rápido”, conta o delegado Luccy Keiko.

O 12º DP continua diligências para identificar mais suspeitos de integrar o bando especializado.

“Sabemos que ele não agia só e estamos na procura de mais envolvidos”, garante o delegado Canabrava.

A polícia apreendeu um veículo Palio, de cor preta, usado pelo suspeito nas ações.

Os arrombamentos e furtos a veículos são constantes na zona Leste. Uma das vítimas, que prefere não se identificar, teve pertences que estava em seus veículos furtados e registrou boletim de ocorrência no 12º DP. Pode ser que o caso tenha relação com a quadrilha que já está sendo investigada pela polícia, já que o jovem preso também utiliza chave de fenda para cometer furto.

“Arrombaram com uma chave de fenda através do bagageiro. Furtaram um notebook que tinha arquivos importantes”, conta a vítima que espera que a polícia recupere seu pertence.

Como você pode se proteger?

Em primeiro lugar, pare de usar o controle remoto longe do carro. Procure sempre acionar o controle o mais próximo possível, sempre verificando a presença de tipos suspeitos por perto. É bem provável que você já faça isso, mas comece a verificar que as portas estão travadas antes de se afastar. Claro: não deixe objetos de valor, muito menos os documentos dentro do carro. Se preferir, vale até voltar a trancar as portas com a chave, para evitar deixar o sinal eletrônico no ar pronto para ser capturado por algum desocupado.

Lembre-se que há dois tipos de aparelhos: o que impede o travamento, e o outro, capaz de clonar o controle. Contudo, procure se informar a respeito do funcionamento do seu controle original, pois já há algum tempo que os sistemas mais modernos trabalham com uma série de códigos que são alterados automaticamente cada vez que o alarme/travamento é acionado.

Cidade Verde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *