João Rodrigues registra BO e diz que é vítima de fake news

O coordenador de Comunicação do Estado, João Rodrigues, registrou boletim de ocorrência após ter conhecimento de que prints de uma conversa envolvendo o seu nome circula na rede social Whatsapp. Rodrigues afirmou ser alvo de uma notícia falsa e procurou a polícia nesta segunda-feira (18) para denunciar o caso.

Em conversa com o Cidadeverde.com, o coordenador alegou que recebeu os prints hoje pela manhã. “A primeira coisa que me causou estranheza foi o ícone que não tem foto. Eu sempre tive foto (no meu Whatsapp) e agora coloquei um do Arcanjo Miguel, que é pra me livrar dessas coisas ruins”.

O coordenador registrou denuncia na Delegacia Geral. Ele relatou que recebeu de seu assessor 22 imagens montadas com falsas conversas dele com uma pessoa de nome “Marciano” para que não falasse mal do governador Wellington Dias (PT).

“Esses prints, são conversas falsas. Uma falsificação grosseira com o meu nome e o de outras pessoas. Não é nem o conteúdo em si, mas o problema do anonimato, da audácia e da coragem de fazer isso, qual a intenção de prejudicar o João Rodrigues? Soa como infantil esse anonimato. Se eu tivesse dito eu diria que sim, mas eu não disse”, disse.

Rodrigues afirmou que “essa história de fake news, de notícias falsas, precisa acabar. E a gente não pode se calar diante dessa situação desconfortável. A gente faz o B.O. que é para outros surgirem até isso acabar. Como pessoa pública, essa é minha obrigação”.

O coordenador ressalta que os responsáveis devem ser punidos e que já repassou o material para investigação policial. Sobre suspeitar de alguém, ele preferiu não comentar.

“Coloquei Arcanjo Miguel, que tem uma oração forte. Porque uma pessoa que faz isso, no anonimato, é um bandido da pior qualidade”, finalizou o coordenador.

Fonte: Cidade Verde

 

Deixe uma resposta