“Não vejo nada de mais”, comenta Mourão sobre a abertura de escritório comercial brasileiro em Jerusalém

O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, afirmou nesta segunda-feira (1º), em Brasília, que “não vê nada de mais” na abertura de um escritório comercial do Brasil em Jerusalém. A medida foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro no último domingo.

Sérgio Moro, futuro ministro da Justiça do governo Bolsonaro, durante entrevista coletiva no CCBB, onde anunciou novos nomes para integrar a sua equipe. Brasilia, 20-11-2018. Foto: Sérgio Lima/Poder360

“A gente está junto com a decisão do presidente. Não vejo também nada de mais, é algo que não tem nada a ver com a diplomacia. Podemos até considerar um passo intermediário naquela ideia inicial do presidente de mudar a embaixada”, afirmou Mourão.

Segundo o Palácio do Planalto, a decisão é uma forma de promover comércio, investimento, tecnologia e inovação entre o Brasil e Israel.

Em fala à imprensa nesta segunda (1º), Bolsonaro ressaltou que mantém o compromisso, até o fim de seu mandato, de mudar a embaixada brasileira para Jerusalém.

Fonte: Agência Radio

Deixe uma resposta